Os suspenses de agora análise de dois filmes de suspense atuais: Fragmentado e Corra!

Eu aguardei ansiosamente pela estréia de Fragmentado. A história das múltiplas personalidades prometia, e eu, moça formada em psicologia, talvez quisesse demais. De fato a interpretação de James McAvoy no papel principal é muito boa. Mas é só. O personagem principal tem 23 personalidades – sendo que algumas são mostradas no filme e outras não […]

Dia do Cinema Brasileiro

Desde a década de 70, o dia 19 de junho é marcado pela celebração do Dia do Cinema Brasileiro, pois remete a data em que foram registradas as primeiras imagens em território nacional, captadas pelo cinegrafista italiano Affonso Segretto, que filmou sua chegada ao porto do Rio de Janeiro, na Baía de Guanabara em 1898. […]

Pra significar como você quiser

Eu adoro histórias complexas, personagens profundos, narrativas que me fazem refletir, me identificar, repensar a vida, que me deixam encucada a semana seguinte inteira. É difícil fazer um filme assim, ainda mais nesses tempos em que Hollywood reina imaculada nas principais salas de cinema do país. Mas as vezes eu quero mesmo assistir algumas coisa […]

Cinemateca – enredo e personagem

A Cinemateca é um espaço multifuncional onde o cinema é ao mesmo tempo enredo e protagonista. Além de apresentar uma programação seleta de filmes com sessões diárias, à tarde e à noite, organiza lançamentos, mostras e retrospectivas. O local tem ainda como atribuição promover seminários, palestras, debates e encontros. Desde sua criação, a Cinemateca tem […]

Nise: o coração da loucura

Meu último post foi sobre Boi Neon, um dos grandes destaques do cinema brasileiro em 2016. Continuo agora com alguns comentários do belíssimo Nise: o coração da loucura, também de 2016. Este filme, dirigido por Roberto Berliner, é uma cinebiografia que conta parte da história de Nise da Silveira, uma médica psiquiatra que, ao retornar […]

Por falar em Oscar

Meu último post foi sobre os filmes que eu já tinha visto e que estão concorrendo ao Oscar nesse ano. Agora, eu resolvi fazer um sobre os filmes que (infelizmente) ficaram de fora da competição e que mais especificamente, concorreriam na categoria de filme estrangeiro. Vou começar pelo que eu mais gostei, A Criada, de […]