Curitibano tem fama de “fechado demais”, mas acreditamos que isso também tem a ver com “timidez”. Curitibano é interiorano, é “ressabiado”, mas depois que conhece, é fiel e leal. Esse comportamento mais reservado faz com que os Curitibanos também tenham um gosto um pouco mais refinado e exigente. É um povo comprometido, estudioso, dedicado e muito observador. Curitibano gosta de viver o seu mundo, de curtir a casa, a família, os amigos de infância. E quando gosta de algo, pode ter certeza, volta sempre! São “coisas de curitibano”… Aqui te propomos entrar no clima do curitibano ou de quem já vive aqui há muito tempo e “pegou o jeito”. O clima, a linguagem (sotaque, as gírias), jeito de ser, coisas que gosta de fazer, paixões, talentos, percepções, costumes adaptados que resultam num caldeirão cultural que encanta ou não os visitantes e os moradores. A gente fala de coisas que foram inventadas aqui, coisas que só acontecem aqui e sobre como enfrentar o humor climático da “cidade cool”. Por isso, esta é a nossa primeira editoria, pois ela vem para te dar um “muito prazer” bem curitibano: pra conhecer de verdade, leva um tempo. Então, explore nosso conteúdo e viva essa experiência! Você vai amar!

Fundação Oficial de Curitiba

A fundação oficial de Curitiba pode ser entendida de algumas formas. Nos registros consta que no ano de 1668 havia…

Ciclo do Ouro em Curitiba

“Todos vinham ou supunham ver ouro no século XVI” O ciclo do ouro em Curitiba aconteceu através das Minas do…

A Estrada do Itupava

Durante o período de povoação e desenvolvimento de Curitiba haviam três únicas estradas que ligavam o litoral e a Serra…

Provimentos de Ouvidor Pardinho

A vila – apesar de já fundada oficialmente – vivia o abandono e um isolamento tamanho que não favorecia o…

Parque do Trabalhador

Para homenagear os trabalhadores foi fundado o Parque do Trabalhador na região do CIC. Trata-se de um espaço que reúne dois bosques de mata nativa. É uma obra estratégica para a preservação da qualidade de vida e pela manutenção do equilíbrio nas relações com o meio ambienta – além de servir como uma opção de lazer.

Primeiro registro visual de Curitiba – 1827

O primeiro registro visual de Curitiba é de 1827. É uma obra do pintor francês Jean Baptiste Debret, que percorreu…

Nossa Cultura Indígena

A nossa cultura indígena em Curitiba é marcada por diversos elementos, carregamos conosco hábitos indígenas – como o de tomarmos…