O Pré-carnaval de Curitiba já é uma tradição. Tradição que está se estendendo ao carnaval com o surgimento de novos blocos de rua a cada edição da festa. 

A Boca Maldita será palco do Encontro de Blocos Carnavalescos 2018 na noite desta sexta-feira, 09.02 a partir das 20h. O encontro, que vai reunir pelo menos 10 blocos, promete muita animação. Os blocos confirmados são: Caiu no Cavalo Babão, Garibaldis e Sacis, 10 Afinados e Daí?, Bloco Carnavalesco Segura o CUritiba, Bloco Burlesco Cachorras, BatuCannabis, Saí do Armário e Me Dei Bem, Adorei as Almas, SiriBloco, Batom Barato,  e Bloco Vem Amor.

A folia curitibana comandada pelos blocos de rua

A “timeline” do carnaval de Curitiba tem algumas curiosidades. Entre elas, o surgimento recente de muitos blocos que tem contado uma outra história sobre a folia curitibana. Começou com um novo grupo aqui, outro ali que saía no Pré-Carnaval.  Então, os dias que antecedem o carnaval na cidade começaram ter uma programação mais movimentada. A ideia foi contagiando mais foliões e assim foram nascendo outros grupos. A essa altura, o Pré já tinha alcançado status de “tradicional”.

De um ou dois anos para cá, os blocos foram se firmando e passaram a ser a grande atração da festa e a passagem destes agora segue durante o carnaval também para além da avenida Marechal Deodoro.

Saiba quem são eles e onde alguns se concentram:

Saí do armário e me dei bem

“Saí do Armário e Me Dei Bem” une militância com diversão e se auto intitula – o bloco das pintosas, babadeiras, bichas, fanchas, travestellens, glitterosas, cacuras, queers odaras, ursas, unicórnias, excluídas de Curitiba.

O grupo faz paródias de marchinhas do carnaval e ressignifica letras que são ofensivas ou que reforçam estereótipos de gênero.”Saí do Armário e Me Dei Bem” comemora um ano em fevereiro e normalmente se concentra no Paço da Liberdade indo em direção ao Relógio das Flores.

Garibaldis e Sacis

Tudo começou em 1999 com o pessoal ligado à FAP (Faculdade de Artes do Paraná), ao Mundaréu, ao Conservatório de MPB e ao Teatro de Bonecos que decidiu planejar um pré-carnaval. Os encontros aconteciam no Saccy Bar, no Centro Histórico de Curitiba.  E, segundo consta, por uma provocação que o animador cultural Itaercio Rocha fez ao programa Samba de Bamba, apresentando por Rodrigo Brownie, na Rádio Educativa. Provocação feita, resposta dada à altura.

O bloco foi criado com o singular “Garibaldis e Sacis” que nada mais era uma referência ao itinerário idealizado para a passagem do grupo que ia do Saccy Bar até a Praça Garibaldi. No trajeto, uma das missões do bloco era convidar as pessoas a participarem de um carnaval de rua à moda antiga.
A evolução técnica, digamos, do aparato sonoro que embalava as marchinhas conta a própria história do Garibaldis. Nos início, a cantoria era segurada no gogó e com o tempo surgiu o megafone do Gerson Guerra, depois veio um carrinho de supermercado adaptado com equipamentos de som, carinhosamente chamado de “Charanga do Rosinha”. A parafernália cresceu, ganhou uma plataforma com som mecânico alimentado por bateria e dois microfones, com cara de trio elétrico. A partir daí a coisa cresceu e ganhou novos foliões a cada edição. O bloco hoje participa da programação de carnaval de Curitiba e se apresenta todos os anos na Avenida Marechal Deodora, palco da festa oficial.


10 afinados e daí?

Se você adora se misturar na folia, brincar com quem quer que esteja ao seu lado e que não gosta de panelinha, o 10afinados e daí? pode ser o seu número. Criado há cinco anos por um grupo de amigos para antecipar a folia nos dias que antecedem o carnaval, o bloco improvisa o repertório na hora da passagem. O importante é encontrar esse pessoal no Largo da Ordem, em frente ao Bar do Fogo e fazer a festa.

 

Caiu no Cavalo Babão

Criado em 2015, o “Caiu no Cavalo Babão” é o bloco rock de Curitiba! Com o grito de carnaval HEY, HO, LET’S GO! o bloco aposta nos clássicos  Beatles, Mutantes, The Clash, Led Zeppelin, Secos & Molhados, The Doors que todo mundo sabe cantar! Mas, tudo em ritmo de batucada.

O ponto de encontro dessa turma é no Largo da Ordem, no entorno do Cavalo Babão.

 

Segura O CUritiba

Para quem é chegado nos ritmos do Nordeste, o “Segura o CUritiba” vai levar para rua muito frevo e brega. O nome sugestivo revela que essa turma é bem espirituosa e gosta de fazer algo inusitado por essas bandas de cá. O bloco  foi criado por um grupo de amigos nordestinos que queriam trazer um pouco do carnaval da “terrinha” para os amigos daqui.  Você acha o “Segura” no Fidel Bar – Rua Jaime Reis e Largo das Artes.

Pensa que é só isso? A lista só cresce. Confira:

SiriBloco – Erva Doce Bar – Rua Paula Gomes

Bloco Burlesco Cachorras – Bar da Paulina – Rua Jaime Reis

Bloco Brasilidades e Juana Profunda  – Samba Pastel & Birita – Rua São FranciscoVaca Cherry

Bloco da Bici

Baton Barato

Urso do Seu Lourenço

BatuCannabis

Adorei as Almas

Vem amor
Unidos do Botão
Pretinhosidade
Malditos e Marginais

Então, não espera mais não porque depois é só no ano que vem. Caia na folia e vai ser feliz!