Tema deste ano é “Mais direitos, nenhum retrocesso. Resistência e luta feminista”

Foto: Mídia Ninja

Todos os anos, no dia 8 de março, mulheres de todo o Brasil se unem para a marcha do Dia Internacional da Mulher. Neste ano, a marcha do 8M tem como tema “Mais direitos, nenhum retrocesso. Resistência e luta feminista”. O intuito é chamar a atenção da sociedade através das pautas, como a luta por aquilo que é direito da mulher, além da luta contra o machismo, desigualdade de gênero e violência.

A concentração para a marcha começará às 16h30, na Praça da Mulher Nua (conhecida em Curitiba como Praça 19 de Dezembro). Neste momento as mulheres farão oficinas de cartazes para a marcha. O primeiro ato “Poder das/para as Mulheres”, começa às 18h, ainda na Praça 19 de Dezembro.Às 18h15, mulheres caminharão até a Catedral, localizada na Praça Tiradentes. O segundo ato, intitulado “Soberania de nossos corpos e de nossas vidas, do Estado e da Natureza”, começará às 18h30. O terceiro ato “Somos muitas, somos diversas, somos plurais” começará às 18h45, também na Praça Tiradentes. O 4.º ato “Nem uma a menos. Vivas nos queremos” começará às 19h15, na Rua Monsenhor Celso, esquina com o Calçadão da Rua XV. A Boca Maldita será o cenário do último ato “Mais direitos, nenhum retrocesso” e do encerramento, com o grupo musical Horrorosas Desprezíveis.

Organização:

Desde janeiro de 2018, mulheres de Curitiba e Região Metropolitana se organizam semanalmente para organizar a Marcha 8M. São aproximadamente 25 entidades envolvidas na organização, o que corresponde a, em média, 70 mulheres.
Marcha das Mulheres 2017
No ano passado, a Marcha das Mulheres reuniu cerca de 5 mil manifestantes que, entre outras reivindicações, também lutaram conta a reforma da previdência. A meta para a marcha de 2018 é ultrapassar o número de participantes.

Confira a programação do 8M:

Concentração na Praça da Mulher Nua
1.º Ato: Poder das/para as Mulheres
Local: Praça da Mulher Nua
Saída para a marcha
18h30
2.º Ato: Soberania de nossos corpos e de nossas vidas, do Estado e da Natureza
Local: Catedral – Praça Tiradentes
3.º Ato: Somos muitas, somos diversas, somos plurais!
Local: Praça Tiradentes
4.º Ato: Nem uma a menos. Vivas nos queremos.
Local: Rua Monsenhor Celso, esquina com o calçadão da Rua XV
5.º Ato: Mais Direitos, nenhum retrocesso.
Local: Boca Maldita
Show com o grupo Horrorosas Desprezíveis
Local: Boca Maldita