Para lá da proposta de acolhimento assistencial, a casa desde sempre foi um local de preservação cultural, da resistência e luta

Neste domingo, 13 de maio, a Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio organiza uma programação especial em comemoração aos seus 130 anos de fundação.

A Sociedade
Em junho de 1888 foi criada a Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio, fundada com o objetivo de garantir o mínimo de assistência e segurança aos ex-escravos e ajudá-los de forma mútua, com auxílio médico-hospitalar, financeiro, educativo, social e funeral.

Vale lembrar que mesmo com a assinatura da Lei Áurea, a exclusão da população negra no país perdurou por muito tempo e aqui no Paraná as diferenças se fizeram tanto ou mais acentuadas. Daí a importância do papel da Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio. Para lá da proposta de acolhimento assistencial, a casa desde sempre foi um local de preservação cultural, da resistência e luta para o reconhecimento do papel do negro na sociedade paranaense. Porque além dos bailes e das festas que acontecem no salão da Sociedade 13 de Maio desde sempre, a casa se tornou ao longo do tempo um ponto de encontro das discussões políticas de movimentos de esquerda, de abolicionistas e até do movimento punk nos anos de 1980 e 90.

A partir do início dos anos 2000 novos grupos passam a freqüentar a Sociedade realizando atividades como maracatu, forró e capoeira. E claro, os bailes, que continuam a animar as noites da rua Clotário Portugal  .

 

Programação
11h00 – Missa na Igreja do Rosário
15h00 – Abertura da Casa
15h30 – Roda de Capoeira
17h00 Grupo Maria Navalha
20h00 Sessão Solene com o Grupo Divina Luz – Convida Mãe Orminda
20h30 Forró com Areia Branca

A casa fica de portas abertas até às 20hs. Após, o valor da entrada é R$20.