Uma mulher conta a história sobre um ataque de formigas em sua cozinha.”

Um passarinho me contou que vem novidades lá pelas bandas da Cia Minha Nossa. E que vem com a atuação da atriz e produtora Ines Gutierrez que conduz o fio da meada dessa história instigante.

Segue abaixo o release com um convite pra que você leitor do Eu amo Curitiba, vá assistir e depois deixe aqui suas impressões. Vá, depois nos diga o quanto vale!

O desejo de contar esta história, inspirada nos contos “Formiguinhas”, de João Silverio Trevisan, e “As Formigas”, de Ligia Fagundes Telles, nos moveu a descobrir outras possibilidades de corpo e voz. Outras possibilidades de imaginar ‘como contar uma história’. Nos ensaios, dentro do estúdio ou na sala de casa, cada prosa antes e depois, trazia a diferença: fazemos diferente daquilo que já fizemos um dia. De forma poética e assombrosa, Formigas, aparição de Inés Gutiérrez se fez não apenas em uma madrugada. Se fez num processo de confiança, lágrimas, gargalhadas e liberdade. Tornou-se algo nunca visto ou sentido antes. Pequenos movimentos de grandes descobertas. Desta maneira a cena vive. Como uma imagem parada na retina, como uma lenda inventada de um folclore, esta história se faz do traço da arte que nos transforma e do regionalismo que nos torna eternos.

Foto: Lauro Borges

Serviço:
Na CASA DO CONTADOR DE HISTÓRIAS – Rua Trajano Reis, 325

Dias 01, 02, 08 e 09 de dezembro às 20h00

R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)

Equipe de criação
Aparição de Inés Gutiérrez
Texto: Léo Moita
Direção: Léo Moita e Val Salles
Cenografia e iluminação: Sergio Richter e Raul Freitas
Operação de luz: Fernanda Perondi
Figurino: Val Salles
Costureira: Ivete Rizzardi
Ilustração: Evandro Marenda
Design gráfico: Álvaro Antonio
Fotografia: Lauro Borges
Colaboração Artística: Fernanda Perondi e Moira Albuquerque