“Fale quanto vale” é um espaço para compartilhar experiências com as artes cênicas. É a ótica do expectador. O modo como uma obra é capaz de mobilizar/afetar e sensibilizar o outro, através de sua linguagem e sua poética! Se a sugestão após os espetáculos é o “pague quando vale”, precisamos primeiro entender o que ele reverberou dentro de nós para, então, darmos valor à ele.

O Olhar de Annelize!

A vida é arte do encontro, já diria Toquinho e Vinícius. Eu não tenho tido do que me queixar, ultimamente…

Avante comparsas!

Mudando um pouco o foco, mas ainda falando de arte e teatro, gostaria de compartilhar uma coisa: Quando você estiver…

Quem vai dizer que não posso porque sou mulher?!

Domingo de manhã. Consigo dar uma pausa na correria cotidiana e vou ao teatro ver um grupo de amigas de…

Sobre histórias e sonhos!

Sexta feira santa e eu decido não viajar! Ao invés disso, conto as horas para ir ao teatro da Caixa…

Vamos falar sobre sensibilidades!

Este blog foi idealizado para dialogar sobre teatro e artes em geral, mas também, abrir espaço  pra discussão acerca de…

O carro dos sonhos

Quando eu era criança pequena lá em Barbacena  (Quem teve infância e adolescência na década de noventa vai entender a…