Corrida ou Caminhada? A pista é nossa!

Eu Amo Curitiba descobriu a distância das 10 pistas favoritas nos principais parques da cidade

O Jardim Botânico foi criado à imagem dos jardins franceses  / Foto: Kiu

Gosta de caminhar ou correr? Que tal praticar essas atividades ao ar livre, contemplando uma boa paisagem dos parques, bosques e praças da capital paranaense? O Eu Amo Curitiba descobriu a distância das pistas de corrida e caminhada, localizadas nos dez principais parques da Cidade Sorriso. O resultado você confere abaixo na lista dos tops que vai de distâncias curtas a longas (em ordem crescente) para quem é um simples iniciante ou um atleta de fôlego. Tem trajeto plano, sinuoso e inclinado, mas o melhor mesmo é fazer tudo isso em lugares ricos de beleza natural, no que há de melhor na nossa pequena ‘república’. Ah! E porque não aproveitar o período de recuperação com uma descoberta histórica ou um relax nos gramados com aquele delicioso piquenique? Então coloque seu par de tênis confortáveis e não esqueça de se hidratar. Preparar, apontar, fogo!!!

 

Praça Oswaldo Cruz

No centro da capital paranaense, a Praça Oswaldo Cruz fica entre as movimentadas avenidas Visconde de Guarapuava e Sete de Setembro. Apesar de o percurso não ser longo – com 475 metros – reúne atletas e moradores da região, sendo ideal para quem não tem tempo ou disponibilidade para ir a parques mais distantes. O local conta com pistas de atletismo e corrida/caminhada. A pista de corrida não possui o percurso muito longo, mas é bastante variada, com aclives e declives. Também é indicada para treinos noturnos, pois se trata de um lugar seguro e com boa iluminação.

Localização: Rua Brigadeiro Franco, 2350

Bairro: Centro – Curitiba

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: Diariamente, das 5h30 às 22h

 

Parque Bacacheri

Parque General Iberê de Mattos, o Parque Bacacheri, foi inaugurado em 1988 e tem 152 mil m². O parque tem uma única pista para caminhada e corrida, compartilhada. Uma volta ao redor do lago tem a distância de 776m. Uma volta maior, incluindo a volta menor, tem 1,03km. Há marcação da distância na pista a cada 100m. A pista é quase toda plana. Tem apenas uma leve subida, em uma das pontas do parque. Uma curiosidade interessante: o bairro, que fica ao norte de Curitiba, é uma região colonizada principalmente por imigrantes franceses, originários da Argélia, que chegaram à cidade em 1869.

Localização: Rua Canadá

Bairro: Bacacheri

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: Diariamente, das 6h às 22h

 

Passeio Público

Portão histórico do Passeio Público / Foto: Washington Cesar Takeuchi

É o parque mais antigo e central da cidade, em uma área com diversas árvores nativas e exóticas. Tem uma pista de corrida ou caminhada com aproximadamente 1 km que circunda a parte arborizada. O percurso é totalmente plano. O bacana para quem caminha por ali é observar algumas conservações históricas como os portões inspirados na entrada do Cemitério de Cães de Paris. O lugar também foi o primeiro zoológico da cidade e ainda conserva alguns pequenos animais para alegria de quem passeia naquela fugidinha para o almoço, no Centro da cidade.

Localização: Entrada pela Rua Carlos Cavalcanti

Bairro: Centro – Curitiba

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: De terça a domingo, das 6h às 20h

 

Parque São Lourenço

O parque em si não é muito grande. A pista interna tem 1,464km. Mas, dá para iniciar a corrida ou caminhada dentro do parque e sair pela ciclovia que margeia o canal do Rio Belém e seguir até o Bosque João Paulo II – Bosque do Papa (ida e volta). Este trajeto com uma volta na pista do parque até a Rua Dep. Mario de Barros dá 9,20km. Um bom percurso, com quase 10 km. O trajeto é pela ciclovia compartilhada. Neste percurso é necessário cruzar algumas ruas, sendo três mais movimentadas: Rua Prof. Nilo Brandão, que passa em frente ao parque, Rua Brasilino Moura e Rua Albano Reis. O trajeto é quase todo plano. Bastante arborizado. Ao lado do canal do Rio Belém.

Localização: Rua Mateus Leme

Bairro: São Lourenço

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: Diariamente, das 6h às 20h

 

Parque Tanguá. Foto: Geovane Barreiro

Parque Tanguá

O parque envolve uma área de 235 mil m², lugar de um antigo complexo de pedreiras desativadas. Lá, tem uma pista de caminhada com aproximadamente 1,5km de extensão, porém não é recomenda para corridas. O terreno é muito sinuoso e em alguns trechos estreito e íngreme, o que dificulta a atividade. No local, os visitantes podem ter contato com lindas áreas verdes próximas à nascente do Rio Barigui, Cascata, Dois Lagos e um túnel artificial que pode ser visitado de barco ou a pé, além do mirante.

Localização: Rua Oswaldo Maciel

Bairro: Pilarzinho

Horário de funcionamento: Diariamente, das 8h às 18h

Entrada: Gratuito

 

Jardim Botânico

Trilha de caminhada do Jardim Botânico Foto:Levy Ferreira/SMCS

Há apenas uma pista de corrida e caminhada compartilhada. A pista é muito boa. Com pavimento de asfalto ou cimento com pedra d’água. Uma volta tem aproximadamente 1,8Km. A pista tem pouca inclinação, quase plana. Muito boa para treinamento, embora seja bastante curta. Boa parte da pista passa por dentro (ao lado) da floresta que compõe o bosque. Atrás do prédio que abriga o parque cultural (próximo à Rua Maurício Fruet) tem aparelhos de ginástica para aquecimento e alongamento.

Localização: Rua Engenheiro Ostoja Roguski

Bairro: Jardim Botânico

Acesso: Gratuito

Horários de Funcionamento: segunda-feira – 09:30 – 11:45, 13:00 –17:00 / terça-feira – 09:30 –11:45, 13:00–17:00 / quarta-feira – 09:30 – 11:45, 13:00 – 17:00 / quinta-feira – 09:30–11:45, 13:00 – 17:00 / sexta-feira – 09:30 – 11:45, 13:00 – 17:00 / sábado – 09:00 – 18:00 / domingo – 09:00 – 18:00

 

Parque Atuba

Criado para conservar as margens do Rio Atuba e todo o ecossistema da região, o Parque Atuba tem uma pista de caminhada com 2 km de extensão, onde também é possível correr. O local é uma ótima opção para quem quer curtir lugares ao ar livre porque fica em uma região de fundo de vale existente na divisa com o município de Colombo, no extremo nordeste de Curitiba.

Localização: Rua Pintor Ricardo Krueger X Rua Arnoldo Wolf Gaensly

Bairro: Atuba

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

 

Parque Cajuru

Com 2,1 km de extensão e uma área de 104 mil m², o Parque Linear Cajuru veio resgatar a função ambiental do Rio Atuba, cujas margens foram recuperadas. Há uma ciclovia no local com 4 km de extensão que também serve como pista de corrida e caminhada. O parque é bem arborizado onde é possível ao longo do trajeto admirar espécies nativas como o monjoleiro, canafístula, vacum, aroeira, manacá e outras. O parque também possui outras opções de lazer e é um grande atrativo para os moradores da região leste de Curitiba.

Localização: Rua Teófilo Otoni X Rio Atuba e Rua Rio Iguaçu

Bairro: Cajuru

Acesso: Gratuito

Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

 

Parque Tingui

Memorial Ucraniano no Parque Tingui Foto: Ivan Bueno/SMCS

O parque tem duas pistas. Uma para corrida e caminhada e outra para ciclismo (bicicleta). No geral as pistas estão em boas condições de conservação, exceto em pequeno trechos, onde o asfalto se soltou ou nos pontos onde foi mexido em razão das obras de revitalização do parque. Uma volta tem aproximadamente 5 Km. A maior parte da pista é por dentro da mata ciliar do Rio Barigui. Nos dias de sol forte é mais fresco e melhor para treinar. A pista não tem marcação regular. Na parte superior do parque (próximo da Rua Fredolin Wolf) tem aparelhos de ginástica para aquecimento e alongamento.

Localização: Entre as ruas Fredolin Wolf e José Valle

Bairro: São João

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: Aberto diariamente, 24 horas

 

Parque Barigui

Localizado em um espaço de 1,4 milhão de m², na Avenida Cândido Hartmann, o Parque Barigui é um dos pontos mais procurados pelos praticantes de caminhas e corridas. A pista de corrida é de 5,4km e a de caminhada tem 3,3km. Ambas possuem um terreno bastante plano. Sua inclinação é apenas perceptível quando se está correndo. A estrutura é uma das melhores da cidade. Há três pistas: uma para corrida, outra para caminhada e a última destinada aos ciclistas. Dessa forma, todos conseguem praticar suas modalidades tranquilamente. Há também bebedouros e banheiros (pagos e gratuitos) que fecham às 18h. O Barigui fica aberto 24 horas, no entanto, não é aconselhável correr muito tarde da noite, pois alguns lugares não são iluminados devido à existência de animais silvestres, especialmente no bosque próximo à pista de corrida. Quem deseja tranquilidade para praticar exercícios também deve evitar o parque nos fins de semana, entre às 10h e 18h, pois atrai centenas de visitantes, sobretudo em dias ensolarados, deixando as pistas bastante cheias.

Localização: Entre a Av. Manoel Ribas e a BR-277, acessos: BR-277 e Av. Cândido Hartmann

Bairro: Bigorrilho, Mercês, Santo Inácio e Cascatinha

Acesso: Gratuito

Horário de funcionamento: O parque não é fechado. Fica aberto ininterruptamente

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Leandro Bertholini

Leandro Bertholini é jornalista, ator, dramaturgo e roteirista com ampla experiência na área de produção cultural. É formado em jornalismo pelas Faculdade Integradas Hélio Alonso (RJ) e pós-graduado em Jornalismo de Políticas Públicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É fundador e produtor da Companhia de Teatro Autoral do Rio de Janeiro, grupo teatral que já percorreu mais de 30 cidades em 10 estados brasileiros. É autor do premiado espetáculo “As Mulheres da Rua 23”, vencedor de diversas categorias nos principais festivais de teatro do país. Pela dramaturgia e atuação no espetáculo recebeu 27 prêmios e mais de 30 indicações em festivais nacionais. Foi professor de interpretação no Teatro Miguel Falabella (RJ) e oficineiro em diversos eventos e festivais de teatro. Leandro Bertholini formou-se na escola de Teatro O Tablado e atualmente integra a Cia do Abração de Curitiba/PR, onde também ministra aulas de interpretação e criação teatral. Aqui no Eu Amo Curitiba, Leandro Bertoholini vai falar sobre o que está acontecendo no campo das artes e contar tim-tim por tim-tim o que "tá rolando" na cidade e o melhor do entretenimento e gastronomia.