O amor contemporâneo no olhar de Rodrigo Alonso chega às Livrarias em “Indícios”


O cineasta, produtor cultural e diretor teatral, estreia na literatura com poesias inspiradas na obra de Pablo Neruda

Valor

Gratuito

Outras informações

Indícios- Editora Labirinto, R$ 15

Neruda como inspiração.

A Livrarias Curitiba do Shopping Estação de Curitiba recebe amanhã, 14, o lançamento do livro de Indícios, de Rodrigo Alonso. A obra, com poesias  inspiradas pelo encontro com a obra de Pablo Neruda, reúne observações amorosas tímidas e platônicas, que fogem da rima para buscar uma sonoridade liberta e autêntica. 

Parcerias
Em seus primeiros passos no universo das letras, Alonso contou com a parceria de Sarah Barbosa Soares, ilustradora que participou do projeto ampliando as possibilidades do texto.

A dupla se conheceu em Londrina, onde estudaram juntos e circulavam na mesma roda de amigos. Já existia a admiração mútua à época, bem como confidências sobre amores e paixões adolescentes trocadas em bilhetes durante as aulas.

Ao decidir que estava no momento de publicar seu primeiro livro, o jovem escritor convidou a amiga para fazer parte da obra.

O projeto gráfico de Indícios é de Ignacio Hervas, artista igualmente fundamental para a realização da obra e que já participou de projetos em outras áreas com Alonso.

Para fazer a apresentação do livro, Alonso convidou José Carlos Fernandes, jornalista e professor da UFPR, que assinou a orelha e o prefácio da edição.  

Multiplicando

O evento de lançamento terá um viés multiplicador. Todo o valor arrecadado com as vendas durante o lançamento de Indícios será revertido para comprar e distribuir livros infanto-juvenis para escolas públicas e bibliotecas comunitárias. Serão selecionados exemplares que tratem de temas sobre diversidade racial, sexual e de gênero. Volumes da obra também serão doados para várias instituições educacionais.

No dia 21 de junho acontece o lançamento de Indícios na Livrarias Curitiba do Catuaí Shopping de Londrina.

Os eventos são às 20 horas e contam com sessão de autógrafos e bate-papo com o autor e a ilustradora, além de surpresas reservadas para os leitores.


Falar de amor com lirismo e também modernidade, em 2018, é possível. “Conheci Neruda ao ler Jardim de Inverno, em 2009. Foi quando mergulhei — me identificando — em sua poesia, que ultrapassava os esforços da métrica e da rima: era a alma do poeta que falava, mais forte no dizer do que na forma. Ali percebi: eu deveria buscar o que estivesse próximo à minha própria alma”, comenta R. Alonso.

 

Sobre o autor e a ilustradora

“…era a alma do poeta que falava, mais forte no dizer do que na forma”, Rodrigo Alonso.

Rodrigo Alonso é bacharel em Cinema e Vídeo pela Faculdade de Artes do Paraná e pós-graduado em Produção de Arte e Gestão da Cultura pela PUC-PR.

Atua em cinema, TV e espetáculos como diretor, produtor e editor.

Alonso foi o realizador da série “Brincadique?”, assistente de produção no filme “O Filho Eterno”. Além disso, Alonso é roteirista e diretor de três edições do Natal do Paço da Liberdade em Curitiba. É sócio-administrador da Labirinto Produções, produtora cultural sediada em Curitiba.

Sarah Barbosa Soares, ilustradora que ampliou as possibilidades do texto.

Sarah Barbosa Soares é bacharel em Artes Visuais e especialista em Direção de Arte.

Apaixonada por cinema e fotografia, compartilha nas redes sociais seus desenhos e também poesias. Desde 2013, integra o corpo docente da Universidade Norte do Paraná – Unopar em Londrina.

Informações Facebook: