Mueller Ecodesign Social – arquitetura sustentável e solidária

Transformação de fato – é assim que o projeto  Mueller Ecodesign Social pode ser descrito e é por isso que ele passa a integrar a lista de empreendedores sociais de nossa editoria  Sementes de Amor.

Tudo começou como uma ação de marketing para as comemorações dos 25 anos do Shopping Mueller, com a ideia de promover algo nas áreas de arquitetura, design e construção. Foi assim que, em 2008, o Shopping Mueller lançou a Mostra Mueller Ecodesign com a proposta de apresentar ao público os trabalhos assinados por profissionais de arquitetura e design de interiores, guiados pelos conceitos da sustentabilidade. A mostra era uma oportunidade para o público ter contato com novas formas de pensar os espaços, conhecer novos materiais, descobrir a importância da acessibilidade ao criar ambientes para crianças com deficiência, por exemplo.

Em 2014, com 7 edições, a Mostra deixou de ser uma exposição de ideias para se transformar em um projeto social com a proposta de transportar os trabalhos criados para espaços reais e alcançar os jovens em seus habitats.

Foi assim que surgiu o projeto Mueller Ecodesign Social, que reúne um time de profissionais que disponibilizam um tempo para se dedicarem  às obras de reformas de uma instituição social a cada edição. Em sua primeira edição, em 2014, o projeto atendeu a Casa do Piá 1, já a segunda edição, em 2015, contemplou a Casa das Meninas do Novo Mundo. E a terceira edição do projeto, reformou o Portal do Futuro do Bairro Novo, e as três instituições curitibanas.

De casa nova

Para a edição de 2017, a instituição beneficiada foi o Lar Batista Esperança. Entre todos os cômodos os quartos ganharam uma proposta sustentável, sem deixar de lado o conforto. No total, quatro quartos foram reformados. São eles: cômodo dos pais sociais, dois quartos para os meninos, e um quarto destinado às meninas.

De acordo com os profissionais, seguindo o conceito de sustentabilidade, a proposta é, além de  proporcionar um ambiente individualizado para cada morador, investir na recuperação e no reuso de materiais.
Para o desenvolvimento das obras, 13 escritórios de Curitiba (PR), sendo um total de 24 profissionais, aderiram ao projeto. Alguns já participaram de outras edições e outros marcam a sua estreia. São eles: Ana Carolina Mazzarotto, Ana Sekulic, Andréa Benthien, Carolene Coimbra, Fábio Aguiar, Ivana Guimarães, Simone Weber, Elizane Souza, e Daniela Martins, Jane Rocha, Keyla Kinder e Fernanda Viero, Jaqueline Siebert e Rodrigo Garcia, Nadia Bentz e Vanderlan Farias, Sandro Percicotti, Suzane Simon, Vania Toledo Martins, Zeh Pantarolli e Diego Miranda. Os coordenadores técnicos do projeto são a arquiteta Rose Guazzi e o arquiteto e paisagista Marcelo Calixto.
Todas as etapas do projeto Mueller Ecodesign Social são documentadas, por meio de fotos e vídeos, e farão parte de uma exposição, no Shopping Mueller, prevista para este início de 2018.

Informações: www.shoppingmueller.com.br
Facebook: www.facebook.com/MuellerCtba
Twitter: twitter.com/muellercwb
Instagram: @muellercwb

Monalisa Beer

Olá, sou a Editora de conteúdo do Eu Amo Curitiba. Sou sensata e discreta.
Tenho em Dalton Trevisan minha inspiração em marketing pessoal.
Sou fã de carteirinha de rock e da banda Kiss.
Adoro os filmes do Zorro e alimento um paixão secreta pelo indefectível Julinho da Adelaide. Muito prazer, meu nome Monalisa Beer.