O concurso Comida di Buteco 2018 terá tema livre


Os vinte bares que disputam o título de “o melhor da cidade” na capital paranaense podem criar livremente o petisco concorrente.

 O público pode esperar muita variedade dos petiscos concorrentes no Comida di Buteco 2018. Para estimular a criatividade na cozinha dos participantes, a organização do concurso definiu que esta edição terá tema livre. Ou seja, não há restrições ou ingredientes obrigatórios. A única regra será: não existem petiscos iguais e o valor máximo deve ser de R$ 25,90. O concurso, que já acontece há 19 anos pelo Brasil e quatro em Curitiba, será de 13 de abril a 06 de maio. Neste período o público poderá visitar os 20 bares participantes na capital paranaense e dar sua opinião. Além do petisco, que será avaliado de 0 a 10, cada cliente que comer a iguaria também assinala na cédula de votação sua nota para higiene, atendimento e temperatura da bebida. Ao mesmo tempo em que o público conhece os 20 concorrentes, um grupo de jurados visita os botecos e também dá a sua nota. Esse grupo é formado por chefs, amantes da gastronomia e do bom boteco, além de influenciadores. Ao final, a nota do público tem o peso de 50% e do júri também. Quem faz a apuração é o Instituto Vox Populi.

2ª etapa: O melhor boteco do Brasil

O Comida di Buteco acontece em 21 cidades ao mesmo tempo. Além de Curitiba, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Fortaleza, Florianópolis, Goiânia, Juiz de Fora, Manaus, Montes Claros, Poços de Caldas, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José do Rio Preto, São Paulo, Uberlândia e Vale do Aço. São mais de 500 botecos espalhados pelo País concorrendo ao título.Após a escolha do melhor de cada cidade acontece a 2ª etapa: eleger o melhor dos melhores! Em junho, uma comissão de jurados escolhida especificamente para essa missão vai visitar os 21 campeões de cada cidade. Nessa etapa o público não participa dando nota. O vencedor leva a cidade e o buteco ao pódium da cozinha de raiz do Brasil.

Quem são os campeões de Curitiba?

Em Curitiba, os botecos considerados como os melhores da cidade pelo público que participa do Comida di Buteco nunca se repetiram. Na primeira edição, em 2015, o grande vencedor foi o Casa Velha, no bairro Abranches. No ano seguinte um veterano do São Braz levou a melhor: o Dom Rodrigo. Como em 2016 já existia a premiação nacional, Rodrigo ainda foi para a segunda etapa e faturou o bronze, sendo considerado o terceiro melhor boteco do Brasil. Já na última edição, o bar Baba Salim, um árabe muito curitibano do centro da cidade, foi o vencedor.

Serviço:

Comida di Buteco Curitiba
De 13/04 a 06/05
www.comidadibuteco.com.br