Sete lançamentos da música curitibana

Possivelmente devem ter muito mais. Mas fizemos uma lista que vai do pop ao rock com muita sonoridade!Pelas bandas daqui, a gente fica estonteante quando recebemos novos material dos artistas da nossa vida curitibana.

Neste início de semestre, um bando de gente boa da melhor qualidade deu o ponta pé inicial na carreira, outros, lançaram disco ou, clipe novo. Mas o balacobaco é: pra quem ainda insiste em dizer que não conhece os artistas de Curitiba, senta lá e dá o play! O Música na Cidade fez uma lista recheada para você passar o final de semana com aquilo que nos move, a musicalidade curitibana

Raissa Fayet | São Jorge 

As raízes étnicas do repertório sonoro de Raissa Fayet encontraram a música eletrônica. “Acredito no poder de libertar a canção e deixar que ela percorra outros lugares, impactando cada vez mais pessoas”, escreveu a cantora e compositora em suas redes sociais. São Jorge  foi lançado em single e clipe e deve integrar as faixas do discocom previsão de lançamento ainda neste semestre. O clipe foi gravado na Vila de São Jorge no cerrado brasileiro da Chapada dos Veadeiros (GO). Segundo Raissa, o cenário inspirou a criação da música e ganhou forma visual durante o XIII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros.

Rodrigo Medeiros | Cuiabá

Lançado nesta semana, o cantor e compositor, Rodrigo Medeiros divulgou em suas plataformas o seu primeiro Disco, Cuiabá. Com arranjos precisos e minimalistas, a poesia das letras de Medeiros refletem a transição do artista que está radicado em Curitiba. Natural do Mato Grosso, Rodrigo Medeiros estreia no cenário musical em carreira solo com baladas românticas, sambas e sem esquecer suas raízes regionais.

Clarissa Bruns | Entre

A cantora e compositora, Clarissa Bruns lançou neste mês o álbum Entre o terceiro trabalho solo na carreira da artista. Com arranjos e interpretações pontuais, o disco apresenta uma identidade eclética com estilos e timbres miscigenados. Para celebrar o novo momento da carreira, a cantora lançou o clipe Esse Corpo que é Meu onde reflete um tanto da essência do seu novo trabalho. No dia 02 de setembro, Clarissa sobe ao palco do Teatro Poty Lazarotto para o lançamento do disco.

Escambau | Sopa de Cabeça de Bagre

Em seu quarto álbum de estúdio, a banda Escambau lançou o disco duplo, Sopa de Cabeça de Bagre com 20 músicas que transitam entre experimentações sonoras e sempre tendo o rock como ponto de partida. Mas, o disco navega pelo samba, chamamé, soul, punk entre várias outras vertentes com letras de cunho político.

Fran Rosas | Lume

Após cinco anos de trabalho, a cantora Fran Rosas apresenta Lume seu disco de estreia. Natural de Ponta Grosa e radica em Curitiba, Fran interpreta músicas como Cicatriz, Inimaginável e Estrela de Brilhar, que marcaram a carreira da cantora. Com 11 faixas que percorrem o pop, jazz e outras experiências sonoras da música brasileira, a cantora apresenta no dia 30 de setembro o show de lançamento de Lume no Teatro Sesc da Esquina.

Bruno Teixeira | Liberdade Sim 

Gravado de forma independente e sem medo de ser feliz, Liberdade Sim reflete a personalidade e inquietude musical de Bruno Teixeira. Embora o EP não tenha a preocupação estética e sonora de prevalecer uma qualidade de estúdio, o primeiro trabalho do artista é um dos grandes expoentes da nova geração de artistas que não se prendem em rótulos e fazem da liberdade poética seu grande estopim.

Janine Mathias | Melhor dos Perfumes 

A cantora e compositora, Janine Mathias divulgou recentemente o vídeo de Melhor dos Perfumes, um dos singles lançados por ela ao longo de sua trajetória e divulgado e registrado em formato acústico pelo projeto da Hai Studio. Atualmente, a cantora está em fase de produção do seu primeiro disco, Dendê com produção e direção assinada por Eduardo Brechó.

(Fotos: Reprodução)

 

Lucas Cabaña

Lucas Cabaña é jornalista e produtor cultural. Radicado em Curitiba há quase dez anos, já atuou em diversos veículos de comunicação na capital. É fundador da Cabaña Comunicação, empresa responsável pela assessoria de imprensa de eventos culturais e artísticos. Apaixonado por música, o cenário cultural curitibano é a verve do seu trabalho e por isso também ama Curitiba. Assim sendo, ninguém melhor para assinar a coluna “Música é o Canal” do Eu Amo Curitiba que compartilha experiências musicais em todos os tons.